Filme: Sinais (Signs)

|

 Sinais (Signs)

Quem nunca assistiu esse filme ou, pelo menos, não ouviu falar dele? Um filme que despertou a curiosidade e polêmica em críticas tanto positivas como negativas, sempre me deixou intrigada e, quando assisti pela primeira vez, me impressionou bastante pelo enredo bem envolvente. Sinais é um filme que aborda um tema bastante explorado pelo cinema, invasões alienigenas, porém sem espetaculares efeitos especiais, grandes discos voadores destruindo tudo, como ocorre em Independence Day (que adoro) ou Guerra dos Mundo (que não gosto). Sinais consegue ser mais profundo, intrigante, mantendo um suspense que te prende do começo ao fim.

Após perde a esposa de maneira trágica, atropelada por um motorista adormecido, Graham Hess (Mel Gibson), um líder religioso episcopal, perdeu completamente sua fé em Deus e largou seu trabalho na igreja, se dedicando completamente em criar seus filhos em uma fazenda na Pensilvânia, junto de seu irmão Merril (Joaquin Phoenix), um esquecido ex-jogador de beisebol. Em um dia estranho, seus filhos Morgan (Rory Culkin) e Bo (Abigail Breslin), seu irmão que o chama, se deparam com um grande círculo aberto em seu milharal. Um grande sinal  misteriosamente feito. Suspeitando ter sido alvo de vandalos, chama a xerife e fica sabendo do alvoroço de animais em fazendas vizinhas. Durante uma noite, enquanto cuidava de por seus filhos para durmir, ele vislumbra um vulto e barulhos do lado de fora de casa. Chamando seu irmão para verificar o que acontece e pegar os intrusos, são surpreendidos por pela forma como o invasor foge, subindo no telhado, o descendo e escapando em meio ao milharal, com uma agilidade não humana. Mas para Grahan tudo não passa de brincadeiras de mal gosto.

Contudo, notícias estão sendo vinculadas informando que sinais semelhantes aquele em sua propriedade estão aparecendo misteriosamente em outros lugares ao redor do mundo. Isso tudo poderia ser uma grande brincadeira feitas por pessoas ou, como o boato se espalhava, sinais extraterrestre. Isso impressiona seus filhos, especialmente Morgan, seu filho mais velho, que pega até um livro sobre o assunto. Na cidade, comentários começam a especular sobre uma possivel invasão alienigena, tomando alguns pelo medo e outros achando que isso é tudo bobagem. Mas as coisas vão ficando cada vez mais estranhas, aparelhos como radios e televisões recebendo interferencias e animais agindo de maneira estranha. Até que a evidencia da existência de seres de outros planetas estarem circulando por ali se tornar real e uma eminente invasão está sendo planejada, onde sua propriedade é um alvo potencial, Graham vai se ver lutando para manter sua família protegida e em ordem contra esses possíveis invasores.

O filme não apenas gira em torno da questão extraterrestre, mas nos próprios questionamentos existenciais e dúvidas de Graham sobre sua própria vida, relembrando sempre em flashbacks sua última conversa com a esposa antes dessa morrer, na cena do acidente. Conforme o desenrolar da trama, vamos percebendo temas muito mais profundos e que desperta certa reflexão são tratados no filme, como família, vida, destino, Deus e os verdadeiros sinais que nos cerca. Para tudo há uma razão maior e mais profunda para existir ou acontecer. Nada seria por acaso.
Um filme de 2002, dirigido por M. Night Shyamalan, que foi produtor, roteirista e diretor de grandes filmes de suspense com uma caracteristica própria, como O Sexto Sentido, A Vila e Corpo Fechado. Honestamente, Sinais é um daqueles filme aparentemente ruim, com dialogos fracos. Entretanto, lançando mão de um ótimo elenco, com a excente atuação de Mel Gibson, Sinais impressiona por sua trama com um suspense bem criado, cheio de tensão e metáforas. As criticas negativa com relação ao filme foi mais devido a expectativa do público por um Independence Day, e não foi nada disso. Ele é mais um drama-suspense tenso e cult.

Há momentos bem enfadonhos e o final meio banal, contudo com um sentido que pode inspirar muito mais críticas, sendo que isso é do ponto de vista de cada um. Ele é um filme curioso e meio louco, na verdade. Eu adoro e é um dos meus favoritos. Recomendo para quem gosta do tema, de algo mais reflexivo e num estilo mais independente.

Ficha Técnica:

Título original:Signs
Gênero: Suspense
Duração:1 hr 47 min
Ano de lançamento: 2002
Elenco: Mel Gibson, Rory Culkin, Cherry Jones, M. Night Shyamalan, Patricia Kalember, Ted Sutton, Merritt Wever, Lanny Flaherty,
Estúdio: Touchstone Pictures / Blinding Edge Pictures
Distribuidora: Buena Vista International
Direção: M. Night Shyamalan
Roteiro: M. Night Shyamalan
Produção: Frank Marshall, M. Night Shyamalan e Sam Mercer
Música: James Newton Howard
Fotografia: Tak Fujimoto
Direção de arte: Keith P. Cunningham
Figurino: Ann Roth
Edição: Barbara Tulliver
Efeitos especiais:Industrial Light & Magic

Trailer:





Assine o feed do blog ou receba os artigos por e-mail. Siga-me no Twitter para ficar por dentro das novidades que rola no Livros e Distrações!

Compartilhe este post:


13 comentários:

Patty a.k.a. Delores Vickery disse... [Reply]

Adorei sua resenha. Um filme bom, diferente, onde cada diálogo e detalhe tem um motivo e/ou explicação no final. :) Ponto para o senhor Shyamalan!

Solange disse... [Reply]

Acho que Sinais foi o último bom filme de M. Night Shyamalan, depois desse ele perdeu a mão..rs
Eu gosto da parte onde o tio está na sala com papel aluminio na cabeça para espantar os ETs..kk
Bjos

Leandro de F. Mendes disse... [Reply]

Tenho esse filme em minha coleção de DVDs.
Realmente muito bom!!!
Gosto muito desse filme.

bjs...

Juh** disse... [Reply]

Adoro esse filme!!
Ja assisti milhões de vezes, e sempre que estou passando os canais se encontro ele paro na hora rs...
beijooos
Livros e blablabla

Nanda disse... [Reply]

Ei Beli,

Eu já assisti ao filme algumas vezes e gostei muito, ótima dica.

bjo

Nine Stecanella disse... [Reply]

Nunca assisti esse filme até o fim porque tenho um medo tremendo de "terror" psicológico. Já tentei, mas não consigo, ainda mais porque tem uma mini plantação de milho do lado de casa!

:P

@nine_stecanella
http://janinestecanella.blogspot.com/

Adriana Brazil disse... [Reply]

A primeira vez que vi esse filme eu tomei maior susto quando a criatura aparece na filmagem da festa das crianças. Achei horripilante aquela cena! Porém gostei do filme, não é meu gênero favorito, mas o filme é bom sim.

Kézia Lôbo disse... [Reply]

GOsto muito desse filme, ele é tão diferente, assustador e comevente ao mesmo tempo.

Claudinha Teles disse... [Reply]

Sabe que eu gostei bastante desse filme? Gostei mesmo, fiquei até com medo. :X É que ouvi o povo metendo o pau, dizendo que é ruim...eu discordo.


Beijos

TEX disse... [Reply]

Ótima resenha. Gostaria de saber alguém já viu o Livro sobre o filme. Eu gostaria de ler a história. Abs

Postar um comentário

- Os comentários é um espaço aberto, no entanto todos passam por um sistema de moderação antes de serem publicados.

- Não serão aprovados os comentários:
• Não relacionados ao tema do post;
• Para pedidos de parcerias, vocês pode até me avisar por aqui, mas entre em contato pelo e-mail que para mim é mais fácil organizar. =)
• Com propagandas (spam);
• Com palavrões ou ofensas a pessoas e marcas;

Do resto, comente a vontade!!! Deixe sua opinião, sugestões, dicas, etc!

Obrigada pelo comentário!^.^v

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Status

Conteúdo Protegido!!!

Livros e Distrações (2010). Tecnologia do Blogger.

  © Livros e Distrações 2010 - 2011

Back to TOP