Filme: A pequena Miss Sunshine (Little Miss Sunshine)

|

 A pequena Miss Sunshine
(Little Miss Sunshine)

Esse é um daqueles filmes que a primeira vista a gente não dá muita coisa e nem mesmo chega a olhar para ele. Bem, pelo menos, foi assim comigo. Desde a época da faculdade, eu ouvia de alguns amigos que esse era um filme muito bom. E, de fato, A pequena Miss Sunshine é um filme que merece um pouco de atenção. Uma comédia leve, inteligente e muito divertida.

A história da família Hoover é um tanto inusitada, peculiar e anormal. Um conjunto familiar estranho, cheio de problemas. Temos Oliver (Abigail Breslin), uma menina de 9 anos, muito engraçadinha e sonhadora, de óculos, que sonha em ser miss. Seu pai, Richard (Greg Kinnear), que faz palestras para motivar e vende um programa de auto-ajuda para quem quer ser vendedor. Sua mãe, Sheryl (Toni Collette), cuidadosa e preocupada com a família, trabalha fora e cuida da casa. O avô paterno, Edwin (Alan Arkin), muito doido, que foi expulso de um asilo por conta de drogas. Frank(Steve Carrell), irmão de Sheryl, o tio guy que tentou suicídio, professor universitário especialista em Proust. E Dawyne (Paul Dano), o irmão mais velho de Oliver, não fala uma palavra, pois fez voto de silêncio para poder entrar na escola militar e ser piloto na Força Aérea.

A aventura dessa família começa, porém, quando Oliver é selecionada para um concurso de miss na Califórnia, a pequema Miss Sunshine. É a possibilidade de o sonho de Oliver se tornar realidade. Seus olhos brilham de empolgação, mas o grande problema é como levar Oliver até onde o concurso vai ser realizado, já que é uma viagem cara, além dos agravantes familiares (tio suicida, avô drogado, o trabalho de Richard, etc). Quem preparou Oliver para o concurso foi seu avô, e só Deus sabe o que pode sair daí!

Problemas  a parte, todos da família embarcam em uma Kombi velha, para fazer uma viagem do Novo México até Califórnia. Agora o desafio é chegar até onde vai ser o concurso. Durante a viagem, muitas situações inusitadas, engraçadas e sérias vão envolver essa família, mostrando lhes como a união, o apoio, a confiança e o respeito de um pelo outro podem superar qualquer barreiras.

Um filme com um humor leve, mas que toca em pontos sensíveis, verossímil: drogas, homossexualismo, suicídio, auto-aceitação e outros. Tudo é tratado com grande sutileza, com cenas absurdas e hilárias, dentro de um humor bem construído e inteligente. Uma comédia sem apelações. No final, você tem uma profunda lição de união familiar, de respeito, de aceitação, de perdas e vitórias.

A excelente atuação de cada ator evidencia as complexidades e problemas que cada personagem possui dentro dessa família peculiar. Mas todos têm que apreender a lidar com eles e superá-los. E essa viagem ensina a todos essa grande lição. O grande destaque é Oliver, uma menina que conquista a simpatia de todos.

Lançado em 2006 nos EUA, foi dirigido por Jonathan Dayton e Valerie Faris. Não é um grande filme, mas o seu caráter independente não diminui em nada sua qualidade. Um filme para rir e refletir. Para quem gosta de boa história em comédia, não pode perder. Vale a pena conferir em uma tarde de final de semana.

Ficha Técnica

Título original: Little Miss Sunshine
Lançamento: 2006 (EUA)
Direção: Jonathan Dayton, Valerie Faris
Roteiro: Michael Arndt
Elenco: Abigail Breslin, Greg Kinnear, Paul Dano, Alan Arkin, Toni Collette, Steve Carell, Bryan Cranston, Marc Turtletaub, Beth Grant, Jill Talley, Brenda Canela, Julio Oscar Mechoso
Gênero: Comédia
Estúdio: Deep River Productions / Bona Fide Productions / Big Beach Films / Third Gear Productions LLC
Distribuidora: Fox Searchlight Pictures
Produção: Albert Berger, David T. Friendly, Peter Saraf, Marc Turtletaub e Ron Yerxa
Música: Mychael Danna e Devotchka
Fotografia: Tim Suhrstedt
Direção de arte: Alan E. Muraoka
Edição: Pamela Martin

Trailer:


A cena da Dança! Imperdível!


Assine o feed do blog ou receba os artigos por e-mail. Siga-me no Twitter para ficar por dentro das novidades que rola no Livros e Distrações!

Compartilhe este post:


6 comentários:

Leandro de F. Mendes disse... [Reply]

Realmente um ótimo filme.

Vale lembrar que esse filme ganhou dois prêmios OSCAR: Melhor Ator Coadjuvante (Alan Arkin) e Melhor Roteiro Original. Indicado a mais duas estatuetas: Melhor Filme e Melhor Atriz Coadjuvante (Abigail Breslin).

Kézia Lôbo disse... [Reply]

Sempre passa na tv e nunca me interessei pra olhar, mas essa resenha me fez querer assistir!

Lu disse... [Reply]

eu já assisti e gostei, é bem divertido, kkkk.
Eu vi na globo, hauhauahua.

beijos Beli. ^^

Claudinha Teles disse... [Reply]

Eu sou apaixonada por esse filme! *---* A Abigail Breslin é foooofa demais! Amo amo amo! x)


Beijos

Postar um comentário

- Os comentários é um espaço aberto, no entanto todos passam por um sistema de moderação antes de serem publicados.

- Não serão aprovados os comentários:
• Não relacionados ao tema do post;
• Para pedidos de parcerias, vocês pode até me avisar por aqui, mas entre em contato pelo e-mail que para mim é mais fácil organizar. =)
• Com propagandas (spam);
• Com palavrões ou ofensas a pessoas e marcas;

Do resto, comente a vontade!!! Deixe sua opinião, sugestões, dicas, etc!

Obrigada pelo comentário!^.^v

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Status

Conteúdo Protegido!!!

Livros e Distrações (2010). Tecnologia do Blogger.

  © Livros e Distrações 2010 - 2011

Back to TOP