Cotoco, de John van de Ruit

|

Cotoco
 John van de Ruit

Para quem gosta de uma leitura leve, engraçada e perspicaz, Cotoco, de John van de Ruit, é a escolha certa. Comecei a ler Cotoco por acaso. Fazia tempo que ele estava na minha estante e eu estava precisando de uma leitura bem-humorada, que me distraísse um pouco de alguns momentos tensos.

O livro todo é um diário escrito por John Milton, vulgo Cotoco, um garoto de 13 anos, e por ele acompanhamos seu cotidiano, que envolve uma família maluca e suas aventuras e peripécias em um internato de meninos, cheio de colegas doidos que divide o quarto com ele. Eu nunca vi tanto maluco em uma história!!! Kkkk

“Ótimo. Meu pai é muito mais doido do que eu imaginava! Porque será que tenho a sensação de que estou cercado de gente maluca? Dizem que o primeiro sintoma da loucura é achar que os doidos estão por toda a parte... (Estou muito preocupado.)” Cotoco, p. 42

Estamos na África do Sul, em 1990, e John Milton está deixando sua casa (nada tranquila) e está indo para um internato renomado, onde conseguiu uma bolsa de estudos. Cotoco (que recebe esse apelido dos colegas após estes constatar o tamanho de suas partes de baixo, que é diminuta) é um menino adolescente, inteligente, sensível, meio nerd, joga críquete, sonha em ser ator e namorar Julia Roberts, gosta de ler e é, aparentemente, a figura mais normal dessa história. Um menino de treze anos descobrindo um mundo novo e próprio da sua idade. O Cotoco é muito fofo! Na verdade, dá vontade de fazê-lo de irmãozinho mais novo e apertar! >.<

Seus pais vivem em Durban. São uns verdadeiros lunáticos. Sua mãe é uma figura super brega. Seu pai é um cara meio chapado e tem pavor de comunista e, agora que Nelson Mandela ficou livre (que para quem não sabe, 1990 foi o ano em que Mandela foi libertado e o fim Apartheid), ele pirou de vez. A loucura é tanta, que o pai do Cotoco fez uma trincheira para combater os “comunistas”. A Wombat (isso é nome de gente? O.o) é a avó gagá materna e vive implicando com o pai dele. Coitado do Cotoco, essa família dá medo!!! O.o

No internato, os colegas de dormitório de Cotoco são nada normais. Cada um tem um apelido estranho: Rambo, o mais mandão, Cachorro Doido, o mais “travesso”, que vive atingindo o pobre do Lagartixa, um garoto pálido, e o mandando para enfermaria sem querer. Temos também o Barril, um gordo que vive soltando pum e comendo, o Esponja, o mais pervertido, o Simon, que não tem apelido e é o melhor jogador de críquete, e o Rain Man, que é o mais quieto e esquisito dos garotos, vive arrancando tufos de cabelo quando está nervoso. E o nosso Cotoco é o mais “certinho” da turma. Juntos são conhecidos por toda a escola como os “Oito Doidos”, e juntos vivem as situações mais curiosas e divertidas. Vão para mergulhos noturnos proibidos e saem investigando o suposto suicídio de um professor e vão atrás do fantasma. Os veterenanos não deixam as coisas barato, e vivem judiando dos meninos.

Os professores e o diretor da escola também são bem excêntricos, cada um a sua maneira. Entre os quais há um professor de história super velhinho, o sr. Crispo, que não ouve nada, tem a linda professora de teatro meio “zen”, a sra. Wilson, conhecida como Eva. Mas o professor favorito de Cotoco é o Guv, sr. Edly, o professor descolado de inglês, que lhe dá sempre um livro para ler e depois discutirem.

Cotoco vive sua vida de estudante em meio a diversas situações divertidíssimas e constrangedoras, passando pelo risco de levar uma chicotada como castigo. É impossível não rolar de rir: as encrencas para as quais ele é arrastado, seu lado afetuoso com relação a família, sem falar da sua quedinha por uma menina que secretamente chama de “Sereia”, entre outras. Às vezes, senti vergonha alheia por ele. E, às vezes, ele me irritou também. =X

Há diversas questões tratadas no livro de modo sutil e bem humorado, como a situação do país na época. Beira até um humor negro e perverso. Não se deixem levar pela capa ou pela primeira impressão, pois Cotoco é um livro que oferece uma das melhores leituras deliciosa e espirituosas. A narrativa é totalmente do ponto de vista de um menino, mas é engraçadíssima. Personagens super carismáticos. Uma das minhas melhores leituras. O livro já foi até adaptado para o cinema e está para ser lançado. E tem continuação do livro também, sem data prevista para lançamento por aqui.

Mais do que recomendado!!!

Um trecho de Cotoco:


“Pé ante pé, desci até o banheiro depois que as luzes se apagaram e examinei meu bilau diante do espelho. Ainda não tenho nenhum pelo, e não há nem sinal de que eu vá ficar igual aos outros. O Rambo disse que vai me dar um apelido novo quando meus bagos descerem. Quando será que vou poder bater uma punheta também? Puxei meu bilau algumas vezes, mas nada aconteceu, então voltei para a cama, me enfiei debaixo do edredom e, usando a laterna do Rain Man, li mais um capítulo do Apanhador.”
Assine o feed do blog ou receba os artigos por e-mail. Siga-me no Twitter para ficar por dentro das novidades que rola no Livros e Distrações!

Compartilhe este post:


12 comentários:

Kellen Baesso disse... [Reply]

Estou lendo e amando Cotoco! Super divertido. Estou com pena de terminar de ler, vou sentir falta do Cotoco e os Oito Loucos! heehehe
Beijos

Hérida Ruyz disse... [Reply]

Oi Beli!
Eu adorei Cotoco! Também citei esse último trecho na minha resenha, é muito engraçado. rsrs

Bjs

Léka disse... [Reply]

Adorei a resenha...Só o fato dos garotos serem conhecidos como "Os Oito Loucos" já me convenceu a ler o livro!

Beijos,
Léka [Lekatopia]

Luka disse... [Reply]

Beli, quando eu estava lendo Cotoco eu passava até vergonha porque ria alto rsrsrs Ele é doidinho né ?! E a família dele é completamente alienada.

Adorei a sua resenha !

Bjs

Lu disse... [Reply]

ei Beli, eu quero muito ler Cotoco.
Ele tem jeito de ser super divertido e estou super curiosa para ler. ^^
beijos.

Angélica Roz disse... [Reply]

Adorei a resenha Beli! Fiquei doida para ler, pois parece ser uma leitura super gostosa!! Bjooo!

Iris disse... [Reply]

Eu ri tanto com esse livro! E achei surpreendente como o final conseguiu me deixar triste. E é uma série! Quero ler os outros logos. Muito bom :D

Mirelli Lima disse... [Reply]

Oiii
Ainda não lí Cotoco, mas com certeza ele está na minha lista.
Todo mundo fala que o livro é engraçado, só vc falou das sutilezas do livro.

Adorei as citações que vc escolheu.

Beijitos

Nanda Meireles disse... [Reply]

Nossa, acredita que eu sempre ouço sobre esse livro, mas nunca parei para ler sobre o que se tratava?
Adorei!
Deve ser muito divertido, agora preciso ler, rs.
Bjs

Postar um comentário

- Os comentários é um espaço aberto, no entanto todos passam por um sistema de moderação antes de serem publicados.

- Não serão aprovados os comentários:
• Não relacionados ao tema do post;
• Para pedidos de parcerias, vocês pode até me avisar por aqui, mas entre em contato pelo e-mail que para mim é mais fácil organizar. =)
• Com propagandas (spam);
• Com palavrões ou ofensas a pessoas e marcas;

Do resto, comente a vontade!!! Deixe sua opinião, sugestões, dicas, etc!

Obrigada pelo comentário!^.^v

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Status

Conteúdo Protegido!!!

Livros e Distrações (2010). Tecnologia do Blogger.

  © Livros e Distrações 2010 - 2011

Back to TOP