The Royal Brotherhood I – In the Prince’s Bed, de Sabrina Jeffries

|

The Royal Brotherhood Series  I
In the Prince’s Bed
 Sabrina Jeffries

Eu li a resenha desse livro em algum blog, que agora não me lembro, mas que me deixou curiosa! Conheci In the Prince’s Bed, não aguentei e logo já procurei o e-book na internet. E isso já faz tempo. Esses dias atrás, organizando meus arquivos no computador, me deparei com ele, e comecei a ler. Viciante! Prendeu-me do começo ao fim, e quando é assim não paro nem para comer. huahaua

Um romance histórico cativante. Uma história realmente agradável, engraçada e hot. Esse livro não tem nada de sobrenatural como os que estava lendo até agora, mas não teve jeito, esse me fisgou.

Lançado em 2004, o livro In the Prince’s Bed (Na cama do Príncipe), de Sabrina Jeffries, é o primeiro livro da trilogia The Royal Brotherhood Series (Série Irmandade dos Bastando Reais). É um romance cheio de vivacidade, onde o herói e a heroína nos cativa pela personalidade forte, peculiaridades e inteligência, incluindo muitas cenas de seduções e beijos ardentes e muitas situações e tiradas engraçadas entre os personagens. É um daqueles romances que te faz sorrir e suspirar o tempo todo...

'Procura não gerar bastardos. Estes o perseguirão incansavelmente, inclusive depois de que os prazeres carnais tenham desaparecido.'

ANÔNIMO,

The Art of Seduction Reveal’d, or Rake’s Rhetorick

A história nos remete para o ano de 1813, na pretensiosa e agitada cidade de Londres, que abriga uma alta sociedade arrogante e frívola e a corte do futuro rei da Inglaterra, Jorge IV, ainda príncipe nessa época. Como já diziam os rumores, o príncipe era conhecido por dar suas “saidinhas” com as mais variadas amantes, incluindo mulheres casadas, e por ter gerado uma série de filhos bastardos. Três desses filhos bastardos resolvem se unir em um pacto de ajuda mútua para conquistarem o que desejam, aquilo que suas posições sociais frete a alta sociedade como filhos bastardos os privaram de ter. Deste modo, os três meio-irmãos reais Alexander (Alec) Black, o conde de Iversley, Marcus North, o visconde Draker, e Gavin Byrner, cada um com sua personalidade peculiar e marcante, se conhecem e se pactuam com o empenho de ajudar um ao outro.

O responsável por essa reunião entre meio-irmãos reais é Alec, que ao contrário dos outros dois já notórios filhos ilegítimos de Vossa Alteza, só soube que era filho do Príncipe de Gales quando leu a carta que sua mãe lhe deixou antes de morrer. Contudo, Alec não é um filho ilegítimo perante a alta sociedade londrina já que o terrível marido de sua mãe o reconheceu como filho, pai que também lhe trouxe bastante angústia.

Alec foi enviado para Portugal como punição imposta pelo seu pai, ficando assim muitos anos fora da Inglaterra. Quando retorna, após a morte de seu pai e herdando as suas terras e título de nobreza, encontra as suas propriedades em ruínas. Sem dinheiro, a única solução que encontra para restaurar suas propriedades é se casar com uma rica herdeira, e para isso vai recorrer a ajuda dos dois outros filhos bastardos do príncipe.

'Uma mulher é como um cofre fechado com chave: se tenta arrebentá-lo à força, corre o risco de destroçá-lo. O homem inteligente procura a chave para abri-lo.'
ANÔNIMO,
Rake"s Rhetorick

A herdeira escolhida para ser alvo das investidas do Conde de Iversley é a lady Katherine Merivale. Ela é secretamente herdeira de uma fortuna de seu avô, mas só terá acesso após se casar. Ela perdeu seu pai ainda jovem, este conhecido por ser um bom libertino, e é pressionada pela sua “espalhafatosa” mãe (figura que nos diverte muito sempre que solta uma palavra em francês errada, causando a maior confusão) para se casar logo, pois quando seu pai morreu lhes deixou sem dinheiro e com muitas dividas para saldar. Então, a jovem necessita de um casamento para ter acesso a sua herança. Todavia, Katherine não será um alvo nada fácil para Alec.

Katherine é uma jovem bonita, inteligente, sonhadora, que gosta de ler poesias e é até inocente, mas não é nenhuma cabeça de vento. Ela é esperta e muito bem informada das artimanhas de um libertino. Informações que ela furta secretamente do "The Art of Seduction Reveal’d", ou simplesmente "Rake’s Rhetorick (Os segredos da arte da sedução ou A retórica do libertino), um livrinho muito escandaloso do seu falecido pai que aconselha homens na arte da sedução, a “manobrar” mulheres e que traz imagens de inúmeras posições sexuais “desavergonhadas” (XD). O 'Rake’s Rhetorick' é aludido na história por Katherine em situações que nos tira muita risada e no início de cada capítulo é citado uma frase desse livro “escandaloso”. Segundo autora, Rake’s Rhetorick foi inspirou em alguns livros reais que circulavam na época.

Outro obstáculo para as investida de Alec, é o cavalheiresco e polido poeta Sidney, lorde Lovelace, que tem o coração de Katherine e é seu prometido. Contudo, Sidney que é amigo de infância não se mostra tão empolgado com idéia de se casar com Katherine, apesar de amar a amiga. Sidney é um homem correto, sempre protegido pela mãe e dificilmente sai das linhas de conduta moral. Katherine tem um fogo oculto, que Sidney não pode pagar. Ele não se mostra nem animado a beijá-la, de dar-lhe o seu primeiro beijo na boca. E é nessa brecha que Alec decide agir: agindo como um libertino, perseguindo e seduzindo Katherine, lhe lançando olhadas lascivas e ousadas e lhe roubando beijos ardentes. Mas, não sabe ele que Katherine é poderosamente precavida contra evasivas de sedutores, amparada pelos conselhos insidiosos do Rake’s Rhetorick, o que significará um tremendo desafio para Alec.

Para conseguir o que quer, Alec faz uma proposta para Katherine: fingirá lhe fazer a corte, com a intenção de ajudá-la a fazer ciúmes em Sidney, para que este pressionado possa lhe pedir logo a mão em casamento, já que Sidney se mostra em desacordo com a aproximação Alec ao lado de Katherine, por julgar esse um sem caráter e querer proteger a amiga contra as agarra desse sem vergonha. Ela aceita a proposta, mas logo verá o grau de periculosidade que é ficar perto desse homem tão sedutor e se encontrará em inúmeras situações desavergonhadas e ardentes paixões nos braços de Alec. Afinal, Katherine morre por dentro com um fogo que a consome por experimentar aquelas imagens impudicas do livrinho de seu pai (XD).

Contudo, para seguir seu plano de se casar com uma rica herdeira e tomar sua fortuna para restaurar suas propriedades, Alec não esperava desejar e se apaixonar perdidamente por Katherine, fascinado, encantado e instigado pela personalidade peculiar e rebeldia dessa jovem. E Katherine, resistente pelos seus sentimentos por Sidney, que mal sabe ela qual são suas verdadeiras preferências, vai aos poucos se deixando cair nos braços e beijos sedutores de Alec. Mas o caminho para esse desenlace é tortuoso, já que Alec é se vê na situação de mentir suas verdadeiras intenções e sua pobreza de Katherine, e vai lutar com todas as armas para que não descubra.

O romance é divertidíssimo, com uma narrativa dinâmica e personagens maravilhosamente constituídos. Alec é do tipo que incendeia e tira o fôlego de qualquer dama ajuizada, alegre, sedutor, encantador, lindo de morrer e tem bom coração. Katherine é dinâmica, ousada e inteligente, uma mocinha preparada para qualquer situação e cativante. 
 Romance mais que recomendado!!!
Classificação:
 

 

Trecho de In the Prince’s Bed:


Katherine Merivale não podia acreditar. Aparentemente, o escandaloso livro de papai não se equivocava: um canalha sedutor e libertino podia fazer sucumbir uma terna rapariga com apenas um olhar.

Unicamente uma monja teria sido capaz de resistir ao hipnótico poder com que o conde do Iversley a estava examinando na festa de lady Jenner. Katherine nunca se havia sentido tão desconfortável ante a presença de um homem, embora o certo fosse que nunca antes nenhum homem a tinha olhado desse modo.
Fez um enorme esforço para não lhe prestar atenção. Entretanto, em qualquer espaço da sala a que a valsa a levava a ela e seu acompanhante de baile, sir Sydney Lovelace, podia sentir como o olhar azul e penetrante de lorde Iversley a perseguia, despindo-a, desvelando todos seus segredos.
E isso porque ela não tinha nenhum segredo!


Cada um dos livros da série conta a história um dos três meio-irmãos, filhos do Príncipe de Gales. É uma trilogia maravilhosa e deliciosa de se ler. E os volumes são:

The Royal Brotherhood Serie:

The Royal Brotherhood Serie 1 - In the Prince´s bed >>> Alec (Na Cama do Príncipe)
The Royal Brotherhood Serie 2 - To pleasure a Prince  >>> Draker (Agradando um Príncipe)
The Royal Brotherhood Serie 3 - One night with a Prince >>> Byrne (Uma Noite com um Príncipe)




Site da autora: Aqui
Informações sobre a série: Aqui


Assine o feed do blog ou receba os artigos por e-mail. Siga-me no Twitter para ficar por dentro das novidades que rola no Livros e Distrações!

Compartilhe este post:


3 comentários:

Postar um comentário

- Os comentários é um espaço aberto, no entanto todos passam por um sistema de moderação antes de serem publicados.

- Não serão aprovados os comentários:
• Não relacionados ao tema do post;
• Para pedidos de parcerias, vocês pode até me avisar por aqui, mas entre em contato pelo e-mail que para mim é mais fácil organizar. =)
• Com propagandas (spam);
• Com palavrões ou ofensas a pessoas e marcas;

Do resto, comente a vontade!!! Deixe sua opinião, sugestões, dicas, etc!

Obrigada pelo comentário!^.^v

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Status

Conteúdo Protegido!!!

Livros e Distrações (2010). Tecnologia do Blogger.

  © Livros e Distrações 2010 - 2011

Back to TOP